A comissão interna de prevenção de acidentes denominada CIPA, trata-se de uma comissão paritária constituída por representantes dos empregados (eleitos em escrutínio secreto) e dos empregadores (designados pelo empregador), que atua na promoção à segurança e saúde dos trabalhadores.

Objetivo: Conscientizar o trabalhador por meio da prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 

MÓDULO I – Legislação/ norma regulamentadora – NR 05; estudo do ambiente, das condições de trabalho, bem como dos riscos originados do processo produtivo;

MÓDULO II – Metodologia de investigação e análise de acidente e doenças do trabalho;

MÓDULO III – Noções sobre acidentes e doenças do trabalho decorrentes de exposição aos riscos existentes na empresa;

MÓDULO IV – Noções sobre a síndrome da imunodeficiência adquirida – AIDS e medidas de prevenção;

MÓDULOS COMPLEMENTARES: Prevenção de Combate a Incêndios e Noções Básicas de Primeiros Socorros.

Treinamento com duração de 20 horas.

O que é SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes?

Uma das principais atribuições das CIPA é promover anualmente a Semana Interna de Prevenção de Acidentes (SIPAT). A maioria das empresas opta pela realização das SIPAT no segundo semestre pelo fato de se possuir um maior número de informações sobre as condições de segurança, como por exemplo as estatísticas de acidentes do ano anterior.

Pelo menos 30 dias antes da realização da Semana, uma comissão deve ser criada para elaborar a programação a ser desenvolvida. Simulações, competições esportivas e peças de teatro são algumas das práticas que vem sendo utilizadas nas empresas para realizar SIPAT criativas e realmente participativas.

Mapa de riscos

Cujo objetivo é identificar situações e locais potencialmente perigosos. A partir de uma planta baixa de cada seção são levantados todos os tipos de riscos, classificando-os por grau de perigo: pequeno, médio e grande. Estes tipos são agrupados em cinco grupos classificados pelas cores verde, vermelho, marrom, amarelo e azul. Cada grupo corresponde a um tipo de agente: físico, químico, biológico, ergonômico e acidente. A idéia é que os funcionários de uma seção façam a seleção apontando aos cipeiros os principais problemas da respectiva unidade. Na planta da seção, exatamente no local onde se encontra o risco (uma máquina, por exemplo) deve ser colocado o círculo no tamanho avaliado pela CIPA e na cor correspondente ao grau de risco.